segunda-feira, setembro 13, 2004

a floresta branca do cimento

:
Hoje passeava discretamente junto a umas obras (obrigado pelos assobios; havia lá um pedreiro que era um pão ;)) que aqui há quando vi colado numa parede lapidar um aviso para os que querem entrar:

É proibida a entrada
a pessoas
estranhas à obra


Eu não cesso de me espantar com a natureza humana, a minha incluída.

2 comentários:

Tania disse...

:) as coisas que tu vês ;) um beijo

cat-me disse...

Eu vejo mtos pedreiros, baby linda ;)*